Descubra quanto grandes CEOs ganham a mais do que seus empregados

Economiamelhores de 2023

Descubra quanto grandes CEOs ganham a mais do que seus empregados

Spoiler: as diferenças vão te deixar chocado.

Homens de gravata. Foto: pressfoto/freepik.

A diferença salarial entre funcionários e CEOs de empresas pode ser exorbitante. Segundo uma pesquisa da Lensa, site de busca de empregos americano, os CEOs de 100 das maiores empresas dos Estados Unidos ganham em torno de US$ 1,28 milhão de dólares a mais, anualmente, se comparados a seus funcionários.

Já o Instituto de Política Econômica, com sede em Washington DC, Estados Unidos, fez um cálculo que aponta que o salário de um CEO cresceu 1.322% desde 1978.

A pesquisa da Lensa ainda identificou empresas que possuem uma grande discrepância salarial entre seu CEO e o salário médio dos funcionários. A empresa que possui a maior diferença de remuneração, segundo o relatório, é a Coca-Cola. O salário do CEO da companhia, James Quincey, era de US$ 1,6 milhão de dólares em 2020 - 14.007% maior do que o salário médio de funcionários da empresa, que é de US$ 11.342 dólares.

O salário mínimo, nos Estados Unidos, corresponde a US$15.080 dólares anualmente, com 40 horas de trabalho semanais. Porém, por meio de uma declaração da Coca-Cola, a empresa explicou que a média dos salários citados correspondem a "um trabalhador em tempo parcial, que trabalha por hora".

Foi estimado que para alcançar o salário do CEO da Coca-Cola, seriam necessários 141 funcionários trabalhando e recebendo o salário médio da empresa. Vale ressaltar que o salário do CEO é mensal. Sua remuneração anual, em 2020, foi de US$ 18,3 milhões de dólares, incluindo bonificações e prêmios.

As 10 empresas com maiores diferenças salariais

Veja as dez empresas americanas com as maiores diferenças salariais entre o CEO e o funcionário médio.

  1. Coca-Cola - 14.007% - CEO James Quincey, salário de US$ 1,6 milhão de dólares, salário médio de funcionário de US$11.342 de dólares;
  2. Starbucks - 12.617% - CEO Kevin Johnson, salário de US$1,54 milhão de dólares e salário médio de funcionário de US$12.113 de dólares;
  3. Chipotle Mexican Grill - 8.378% - CEO Brian Niccol, salário de US$1,2 milhão de dólares e salário médio de funcionário de US$14.155 de dólares;
  4. Viacom - 7.571% - CEO Robert Bakish, salário de US$ 3 milhões de dólares e salário médio de funcionário de US$ 39.110 de dólares;
  5. Walmart - 5.974% - CEO Doug McMillon, salário de US$1,27 milhão de dólares e salário médio de funcionário de US$ 20.942 dólares;
  6. Lowe's Companies - 5.805% CEO Marvin Ellison, salário de US$1,45 milhão de dólares e salário médio de funcionário US$24.554 dólares;
  7. Meta - 5.606% - CEO Brian Cornell, salário de US$ 1,4 milhão de dólares, e salário médio de funcionário US$ 24.535 dólares;
  8. Kroger - 5.348% - CEO W. Rodney McMullen, salário de US$ 1,34 milhão e salário médio de funcionário US$24.617 dólares;
  9. Apple - 5.092% - CEO Tim Cook, salário de US$3 milhões de dólares e salário médio de funcionário US$ 57.783 dólares;
  10. Home Depot - 4.646% - CEO Craig Menear, salário de US$1,3 milhão de dólares e salário médio de funcionário US$27.389.


E você, o que acha desta diferença? Acha justa? Conte para a gente nos comentários!

Leia também: Quanto um CEO deveria ganhar?

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Domingo, 21 Julho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://moneynownews.com.br/

Cron Job Iniciado