Berkshire Hathaway amplia portfólio com aquisição significativa de ações da Chubb

Berkshire Hathaway amplia portfólio com aquisição significativa de ações da Chubb

A Berkshire Hathaway realizou uma compra significativa no mercado de seguros ao adquirir quase 26 milhões de ações da Chubb 

A Berkshire Hathaway, conglomerado liderado por Warren Buffett, realizou uma compra significativa no mercado de seguros ao adquirir quase 26 milhões de ações da Chubb, totalizando um investimento de aproximadamente US$ 6,7 bilhões. Essa movimentação torna a Chubb a nona maior participação na carteira da Berkshire. Após o anúncio, as ações da Chubb experimentaram um aumento de mais de 6% no after market em Nova York, destacando um avanço de 27% nos últimos doze meses. Atualmente, a Chubb está avaliada em US$ 103 bilhões na NYSE.

O processo de aquisição das ações foi gradual, estendendo-se por cerca de nove meses, durante os quais a Berkshire optou por um tratamento confidencial junto à SEC (Securities and Exchange Commission). Essa estratégia permitiu que a empresa montasse sua posição de forma discreta, evitando impactos significativos no preço das ações. Chubb, uma das maiores seguradoras dos EUA, tem operações em 55 países, incluindo o Brasil, e oferece uma gama diversificada de seguros, como seguros de ramos elementares, vida, saúde e resseguros.

A Chubb é particularmente reconhecida por seu specialty insurance, que cobre itens pouco usuais, variando desde shows internacionais, como o da Madonna no Brasil, até coleções valiosas de garrafas de vinho. Evan Greenberg, CEO da Chubb, é filho de Maurice 'Hank' Greenberg, ex-CEO lendário da AIG. Foi sob a liderança de Evan que, em 2015, a ACE Limited adquiriu a Chubb Corporation por US$ 28 bilhões, resultando na formação da Chubb Limited com sede em Zurique, onde a ACE já estava baseada.

A Chubb opera atualmente com um múltiplo de 11,2 vezes o lucro estimado para os próximos 12 meses, alinhado com a média da indústria de 11,3 vezes. No primeiro trimestre, a empresa reportou um aumento de 13% em seu lucro líquido, alcançando US$ 2,14 bilhões. Warren Buffett, conhecido por seu conhecimento profundo no setor de seguros, tem investido consistentemente nessa área através da Berkshire, que possui participações em outras companhias do setor como Geico, Alleghany e General Re.

Além dos investimentos em seguros, a Berkshire Hathaway anunciou mudanças em outras áreas de seu portfólio de ações. A empresa revelou que zerou sua posição na HP, após anos reduzindo sua participação, que no auge chegou a 10%. Também reduziu significativamente suas ações na Apple, vendendo 116 milhões de ações no primeiro trimestre, embora ainda detenha cerca de 789 milhões de ações, representando US$ 150 bilhões, ou 40% de seu portfólio de ações. Alterações foram feitas também nas participações na Chevron e na Paramount Global.

Essas movimentações refletem a estratégia adaptativa e o pensamento estratégico de longo prazo de Buffett e sua equipe, enquanto continuam a reajustar e otimizar o portfólio da Berkshire para enfrentar os desafios e aproveitar as oportunidades do mercado atual.
 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sábado, 22 Junho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://moneynownews.com.br/