Vale a pena investir em Tesouro Direto?

Seu dinheiroinvestimentos

Vale a pena investir em Tesouro Direto?

Conheça os aspectos e rentabilidade da opção em renda fixa. 

Uma caixa de Tesouro lotada de joias e ouro. Foto: Pezibear/Pixabay.

Muitas pessoas chamam o investimento em Tesouro direto de "risco zero", porque os riscos de fato são muito pequenos. Mas, por mais que esse investimento seja considerado seguro, é importante lembrar que todo investimento tem, sim, seus riscos. Acompanhe este conteúdo para entender o ativo e decidir se vale a pena investir em Tesouro Direto.

Quando você fizer esse tipo de investimento, estará exposto ao risco soberano do Brasil, portanto, ainda que pequena, existe uma chance de o Tesouro quebrar - e, se isso ocorrer, o Brasil inteiro - incluindo o sistema financeiro - irá quebrar também.

Mas caso o governo não tenha recursos para pagar os investidores, ele ainda poderá imprimir dinheiro para pagá-los. Outra solução para essa situação hipotética seria o governo aumentar suas receitas, aumentando também os impostos para pagar os juros da dívida.

É por isso que esse investimento é considerado seguro, porque existem diversas possibilidades de solução caso o pior cenário aconteça - diferente de qualquer outro credor, que é muito mais limitado se comparado ao Estado.

Vantagens

A plataforma existe há duas décadas e tem uma grande importância no mercado. Uma das grandes vantagens em investir em Tesouro Direto é a sua simplicidade. Antes da existência do Tesouro, o investimento em títulos do governo de renda fixa não era nada prático: a maneira mais fácil de investir nesses títulos era por meio dos fundos de investimento. Além disso, investir no tesouro traz mais remuneração do que a poupança.

Quando o Tesouro Direto foi disponibilizado no mercado, muitos investidores conservadores, que buscam diversificação da carteira, tiveram a possibilidade de aplicar diretamente nesses títulos.

O Tesouro Direto não traz apenas vantagens para os investidores, mas também para o governo, pois com ele é possível ampliar e diversificar a captação de recursos. Anteriormente, a captação de recursos tinha apenas origem institucional ou estrangeira.

Rentabilidade

A rentabilidade do Tesouro não é a melhor da renda fixa, porque quanto maior o risco, maior a rentabilidade; e como no Tesouro os riscos são muito pequenos, o retorno também será pequeno.

Existem títulos que têm maior rentabilidade, já que são mais arriscados, como Certificados de Depósitos Bancários (CDBs), Letras de Crédito do Agronegócio (LCA) e Letras de Crédito Imobiliário (LCI). Esses títulos não são extremamente mais arriscados, porém, como são títulos de crédito privado, acabam apresentando risco maior do que o do Tesouro Direto.

Ficou com alguma dúvida? O que achou do Tesouro Direto? Conte para a gente nos comentários! 

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Domingo, 26 Mai 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://moneynownews.com.br/