Solteiros têm finanças piores do que comprometidos, aponta estudo

Seu dinheiroMELHORES DE 2023

Solteiros têm finanças piores do que comprometidos, aponta estudo

Segundo especialista, melhores resultados na carreira estão associados a ter um parceiro.

Homem com bolsos vazios. Foto: PxHere.

Há quem sonhe com compromisso e há quem fuja dele. Uma análise do Pew Research Center, um instituto de pesquisa americano, revelou que o casamento tem se tornado cada vez mais raro entre os casais — embora muitos estejam morando juntos. Ao final da última década, cerca de 38% das pessoas entre 25 e 54 anos não eram casadas, nem moravam com um parceiro — 9% a mais do que em 1990. Segundo o estudo, os adultos solteiros estão em pior situação financeira.

"A parceria parece ter alguns benefícios", disse Richard Fry, pesquisador sênior do instituto, ao site CNBC. O estudo capitaneado por Fry revelou que melhores resultados na carreira estão associados a ter um parceiro. O motivo, segundo ele, varia: melhores circunstâncias econômicas podem tornar alguém mais desejável como parceiro em potencial ou estar em um relacionamento pode influenciar positivamente nas perspectivas de carreira.

Já adultos solteiros têm menos probabilidade de ter um diploma de bacharel e menos probabilidade de serem empregados em comparação com seus colegas que formam casais, indicou a análise. "Em 2019, menos de 75% dos homens solteiros estavam empregados em comparação com 91% dos homens com parceiras", disse Fry. Mulheres solteiras também têm menos probabilidade de ter um diploma universitário do que as casadas, mas a probabilidade de estarem empregadas é um pouco maior.

Assim, adultos solteiros ganham menos dinheiro, em média, do que adultos com parceiros. E é maior a probabilidade de eles ainda morarem com os pais. A pandemia também aumentou o processo de retorno de adultos às casas dos pais durante o ano de 2020, segundo a pesquisa.

Orçamento de solteiros x casados

A diferença foi brutal: os homens casados americanos levaram para casa, em média, no ano da pesquisa, 2019, US$ 57.000 dólares em rendimentos. Já os homens solteiros tiveram uma renda média anual de US$ 35.600 dólares.

Entre as mulheres a diferença é menor, mas ainda relevante: as que estavam em um relacionamento ganhavam cerca de US$ 40.000 dólares, enquanto as solteiras tinham uma renda aproximada de US$ 32.000 dólares — um quinto a menos.

"Essa tendência vem ocorrendo de forma constante ao longo de 30 anos", acrescentou Fry. "Não tenho nenhuma razão para acreditar que atingiu o pico", finalizou.

Então, se você está solteiro ou solteira, talvez seja hora de pensar em casar. Sem pressão, ok?!

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Domingo, 26 Mai 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://moneynownews.com.br/

Cron Job Iniciado