Sua renda pessoal diminuiu? Confira essas dicas para minimizar o impacto!

Seu dinheirosuas finanças

Sua renda pessoal diminuiu? Confira essas dicas para minimizar o impacto!

Confira como reformular a sua estratégia com o dinheiro e aumentar as suas chances de sucesso.

Perdeu o emprego, um cliente, ou outra fonte de renda com a qual contava? Calma, existe um plano de ação para diminuir o impacto desse tipo de evento no seu orçamento. O ideal é já adotar essas medidas antes de ter um problema financeiro, para estar preparado caso um imprevisto como os citados acima ocorra.

O site CNBC conversou com a especialista em finanças Winnie Sun e a consultora deu dicas para reformular sua estratégia com dinheiro. Reunimos as principais a seguir.

1. Busque uma renda temporária

Se você costuma trabalhar em um campo onde não há mais empregos disponíveis, procure outras maneiras de encontrar trabalho: realize trabalhos autônomos ou tarefas pontuais. "A chave é gerar receita", disse Winnie. "Você não precisa amar sua fonte de renda agora", pontuou.

2. Evite usar sua reserva de emergência

O dinheiro que você reservou deve permanecer guardado, se possível. "Ele deve ser visto como o último recurso", disse a especialista. Em vez disso, busque maneiras de gerar mais receita e reduzir as despesas.

3. Reduza seu orçamento

Dê uma olhada em quanto você está gastando e procure maneiras de cortar suas despesas, começando pelos custos maiores: se você mora em uma casa com dois carros e pode sobreviver com apenas um, considere vender o outro, "ou até mesmo cortá-lo temporariamente de sua apólice de seguro", disse Winnie.

Procure maneiras de reduzir suas despesas gerais de vida, seja morando com um amigo ou parente, ou alugando um quarto de sua residência para ajudar a dividir os custos. Depois avalie se há outras contas mensais – como assinaturas de telefone, internet ou streaming de TV – que você pode reduzir ou, até mesmo, cortar completamente.

Desapegue: itens em sua casa dos quais você não precisa – desde antigos consoles de videogame até equipamentos de ginástica –, podem ser vendidos online.

4. Converse com um profissional de finanças

Mesmo que você tenha quebrado, Winnie aconselha pedir ajuda a um contador ou consultor financeiro. Eles podem ajudar a identificar programas governamentais ou benefícios fiscais para os quais você pode se qualificar e indicar o melhor caminho a seguir.

5. Seja ativo nas redes sociais

As mídias sociais podem ajudar a identificar fontes de trabalho. Grupos no Facebook ou LinkedIn voltados ao seu setor, ou que compartilham interesses próximos podem ajudá-lo a encontrar um novo cargo — ou se conectar com profissionais que estão contratando.

Certifique-se de atualizar seu perfil do LinkedIn para incluir um avatar mostrando que você está procurando trabalho. Peça às pessoas com quem você já trabalhou para escrever referências que estarão prontamente disponíveis em seu perfil.

6. Encontre um recrutador

Muitas empresas contratam recrutadores para ajudá-las em suas pesquisas. Entrar em contato com um desses profissionais pode ajudá-lo a identificar oportunidades que você pode não ter considerado.

Como os recrutadores costumam ser pagos pelas empresas contratantes, esse conselho normalmente não vai custar caro, afirmou a especialista. "Às vezes, é preciso um recrutador para representá-lo melhor", disse Winnie.

E você, tem alguma outra dica para lidar com tempos difíceis financeiramente? Compartilhe com a gente nos comentários! 

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Segunda, 04 Março 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://moneynownews.com.br/