Moody's, uma das principais agências de classificação de risco, rebaixou o New York Community Bancorp

Moody's, uma das principais agências de classificação de risco, rebaixou o New York Community Bancorp

Queda no preço das ações para seu nível mais baixo desde 1997 


Moody's, uma das principais agências de classificação de risco, rebaixou o New York Community Bancorp para a categoria 'junk', um movimento que enviou ondas de choque através do mercado financeiro. Este rebaixamento ocorreu após o banco regional ter relatado uma  significativa perda no quarto trimestre, resultando em uma queda no preço das ações para seu nível mais baixo desde 1997. Além disso, o NYCB cortou drasticamente seu dividendo, diminuindo-o para 5 centavos por ação, uma queda considerável em relação aos 17 centavos esperados pelos investidores.

A Moody's reduziu todas as classificações de longo prazo e algumas de curto prazo do New York Community Bancorp para a categoria 'Junk' (de Ba2 para Baa3). Esse rebaixamento reflete preocupações substanciais sobre a saúde financeira e a capacidade de gerenciamento de riscos do banco, especialmente diante de um ambiente econômico e regulatório desafiador.

Uma das principais razões para a decisão da Moody's é a alta concentração do NYCB em empréstimos imobiliários comerciais, em particular no segmento de propriedades multifamiliares com regulação de aluguel. Embora esse segmento tenha historicamente apresentado bons resultados para o banco, a Moody's destaca que o ciclo atual pode apresentar desafios. Por exemplo, embora as taxas de vacância sejam baixas, as propriedades enfrentam desafios adicionais devido ao aumento dos custos de juros na renovação de empréstimos e aos crescentes custos de manutenção devido às pressões inflacionárias. Esses custos adicionais podem ser difíceis de repassar aos inquilinos por meio de aumentos de aluguel, o que coloca pressão adicional sobre a rentabilidade do NYCB.

Além dos empréstimos imobiliários, o NYCB também enfrenta riscos significativos relacionados à sua estrutura de financiamento e liquidez. A Moody's aponta que, até 31 de dezembro de 2023, 33% dos depósitos do NYCB não estavam segurados, o que significa que o banco poderia enfrentar pressão de financiamento e liquidez significativa em caso de perda de confiança por parte dos depositantes. Além disso, o NYCB depende fortemente de financiamento de mercado, o que pode limitar sua flexibilidade financeira em um ambiente de mercado volátil.

Outro fator de preocupação é a deterioração da posição de capital do NYCB. O índice de capital comum de Nível 1 (CET1) do banco caiu para 9,1% em 31 de dezembro de 2023, em comparação com 9,59% no trimestre anterior e 9,06% em 31 de dezembro de 2022. Essa queda no capital foi impulsionada por uma perda líquida de $252 milhões no quarto trimestre, resultante de uma provisão para perdas de crédito de $552 milhões. Como parte de seus esforços para fortalecer seu capital, o NYCB reduziu seu dividendo para 5 centavos por trimestre, em comparação com os 17 centavos anteriores.

Além das questões financeiras, a Moody's também levanta preocupações sobre os riscos de governança enfrentados pelo NYCB. Em particular, a agência observa que o banco está passando por uma transição em sua liderança de segunda e terceira linhas de defesa, incluindo as funções de risco e auditoria, em um momento crucial. A Moody's destaca que funções de controle robustas são essenciais para a força de crédito de um banco, e a transição em curso do NYCB pode representar riscos adicionais para sua saúde financeira.

Em resumo, o rebaixamento do New York Community Bancorp para a categoria 'junk' pela Moody's reflete uma série de desafios financeiros, de gestão de riscos e de governança enfrentados pelo banco. Esses desafios incluem sua alta concentração em empréstimos imobiliários comerciais, riscos significativos de financiamento e liquidez, deterioração da posição de capital e incertezas em torno de sua transição de governança. Esses fatores combinados levaram a uma avaliação negativa da saúde financeira e da capacidade de gerenciamento de riscos do NYCB pela Moody's, o que pode ter implicações significativas para sua posição no mercado e sua capacidade de atrair financiamento e investimentos no futuro.

Fonte bloomberg

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Segunda, 04 Março 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://moneynownews.com.br/

Cron Job Iniciado