GM volta a produzir em São Paulo após cancelar demissões

Negóciosautomóveis

GM volta a produzir em São Paulo após cancelar demissões

A montadora desistiu de descontar dos salários os dias parados; decisão foi da Justiça do Trabalho.

Pátio de automóveis. Imagem: Niek Verlaan por Pixabay.

A General Motors (GM) voltou a produzir nesta quarta-feira, 8, no Estado de São Paulo, após a montadora cancelar, cumprindo determinação da Justiça do Trabalho, as demissões de 1,2 mil trabalhadores das fábricas de automóveis em São Caetano do Sul e São José dos Campos, além da unidade de Mogi das Cruzes, que produz componentes.

A greve contra os desligamentos, que já durava 16 dias, foi suspensa nesta quarta-feira. No acordo com os sindicatos, a GM desistiu de descontar dos salários os dias parados.

Os funcionários que tiveram as demissões canceladas entrarão em licença remunerada, enquanto sindicatos e montadora seguirão negociando alternativas às demissões. Entre elas, a abertura de um programa de demissões voluntárias - opção que chegou a ser rejeitada pelos trabalhadores antes do anúncio das demissões - e a suspensão temporária de contratos de trabalho, o layoff.

A montadora aponta a necessidade de reestruturar as operações em São Paulo em razão da perspectiva de vendas e exportações menores não só no fim deste ano, mas também em 2024.

Em São José das Campos, a GM produz a picape S10 e o utilitário esportivo TrailBlazer, enquanto em São Caetano do Sul são fabricados os modelos Montana, Spin e Tracker.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Domingo, 26 Mai 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://moneynownews.com.br/

Cron Job Iniciado